Arte Náutica - o mais luxuoso dos restaurantes de praia

Existe na ponta este da Praia de Armação de Pêra, um restaurante em madeira junto ao mar. Por ali, perfuma-se a brisa marinha, há mais de treze anos.

O aroma aveludado do leite de coco, a textura do molho engrossado com cebola picadinha e outros legumes, a firmeza rosa dos camarões, o vibrante fresco dos coentros ou a mistura de especiarias perfumadas,  voam com o vento pela costa, não deixam ninguém indiferente à sua passagem. Certamente, mais do que qualquer ingrediente, o segredo está na mão treinada de Dona Ofélia, a Chef, que adiciona emoção e uma pitada de tradição das suas raízes goesas e moçambicanas à preparação do caril.

O Arte Náutica não é um simples restaurante de praia. O edifício é igual a tantos outros, revestido a madeira, com uma passadeira em tabuinhas que circunda o areal. A decoração interior mistura elementos típicos do mar do norte e o requinte do terraço envidraçado revelam um restaurante de praia com glamour. Não há cadeiras de plástico ou toalhinhas de papel, mas antes copos de cristal, pratos em porcelana, guardanapos engomados, mãos e olhos treinados pelas cinco estrelas do luxo do VILA VITA Parc.

As especialidades de cozinha atlântica dominam a carta: peixes selvagens, mariscos e guisados com sabores profundos. Para entrada pode escolher entre as “Amêijoas à Bulhão Pato”, um “Lingueirão à Provençal”, os “Carabineiros ou os Camarões-tigre grelhados” entre outras iguarias. Já para os pratos principais, peixes fresquíssimos pescados à linha parecem piscar-lhe o olho no menu, não estivéssemos a falar de especialidades como o “Arroz de tamboril”, a “Cataplana”, a “Massa de Peixe”, a “Açorda” e o mítico “Caril de Camarão”. O departamento de vinhos está bem recheado, considerando que estamos num restaurante de praia. Para além de boas referências de norte a sul de Portugal, a oferta contém os vinhos das herdades do grupo VILA VITA: desde as terras alentejanas da Herdade dos Grous, até aos refrescantes Riesling alemães de Am Nil.