Ingrediente do mês: Citrinos do Algarve

Se tivéssemos de indicar um elemento característico da paisagem algarvia, este seria sem dúvida as inúmeras árvores repletas de laranjas, tangerinas e limões que preenchem os campos locais.

Os citrinos, cujas origens remontam à Ásia e ao século XVI, altura em que foram introduzidos em Portugal são, sem dúvida, um dos produtos mais típicos da região mais a sul de Portugal. De facto, 70% da produção de laranjas em Portugal está concentrada no Algarve e não há quem não conheça as suas fantásticas características: uma polpa tenra e sumarenta e um sabor adocicado.

E este é um fruto que se encontra ao longo de todo o ano no Algarve, sendo até frequente o avistamento de vendedores particulares junto às principais estradas. No outono e inverno dominam as variedades de tamanho pequeno a médio, que apresentam uma casca mais fina e menos açúcar. Na primavera e verão, o tamanho aumenta assim como o seu sabor adocicado. Mas, independentemente da variedade escolhida, a certeza da qualidade da laranja algarvia estará sempre presente.

Pela sua versatilidade, sabor e elevada qualidade, o VILA VITA Parc não poderia deixar de incorporar os citrinos locais no novo menu do seu Restaurante Bela Vita em entradas como o “Smoked Quail” (codorniz fumada com geleia de laranja, groselha e salada de ervas aromáticas),  o prato principal “Lemon Sole & Mussels” (linguado e mexilhão com limão assado, alcachofras e Topinambur) ou a sobremesa “Lemon Merengue” (curd de limão, merengue partido, essência de Verbena e Mão-de-Buda).