VILA VITA Parc's gardens of a thousand colours, aromas and shapes.

Biodiversidade mediterrânea na flora e fauna do Vila Vita Parc

Um hotel sem jardim é como um quadro sem cor. O pulmão verde que envolve de ar puro o Vila Vita Parc e congrega a brisa atlântica e os perfumes da terra, constitui mais de dois terços do resort.

Um jardim de mil e uma cores, aromas e formas, com uma variedade de árvores de grande porte, zonas verdes, arbustos, trepadeiras e flores. A tropicalidade das Estrelícias (Strelitzia reginae), dos Agapantos (Agapanthoideae), dos Clorofitos (Chlorophytum comosum) e dos Fórmios (Phormium tenax), convive com a mediterraneidade das Oliveiras (Olea europaea L) e dos Pinheiros Mansos (Pinus pinea) entre tantos outros.

Porém, não é só a coleção botânica que apresenta uma biodiversidade notável. Também a fauna, com os diferentes tipos de aves residentes e migratórias, aporta uma magia especial ao resort. Voam livres os Gaios (Garrulus glandarius), as Rolas, as Gaivotas, os  Melros, as Popas, as Cegonhas-brancas (Ciconia ciconia), os Cisnes e os Patos Reais (Anas platyrhynchos) e adornam o céu azul com cânticos primaveris.

O desenho naturalista do jardim, ideado pelo arquiteto paisagista Max Müster, prevê a integração de plantas autóctones como as Oliveiras e os Pinheiros Mansos, com vegetação de tipo mediterrâneo como as Oleandros (Nerium oleander) e de caráter atlântico, como as Camarinheiras (Corema album), Aroeiras (Pistacia lentiscus), ou as Giestas (Spartium junceum) que se encontram junto ao acesso à praia. As plantas foram escolhidas de acordo com os seus contributos cromáticos e estéticos, e com o momento da floração.

No Vila Vita Parc, não existe estação do ano sem plantas em flor. Um quadro natural desenhado para oferecer uma variedade de experiências sensoriais ao hóspede amante da natureza.